Num salão de dança…

Eu vi uma menina pequena e tímida que não aparentava a idade que tinha. Quieta, sozinha sentada num banco isolada de todos.

Deparei-me com ela por acaso, quando percebeu estar sendo observada, um meio sorriso apareceu em seu rosto, mas desapareceu um segundo depois, virou os olhos para baixo, neles havia magoa e solidão, ou só seria uma falsa impressão? Não sei, mas durante um tempo grupo de pessoas  me tirou a atenção da menina, eles olhavam-na com desprezo e riam da mesma. Olhei para o chão e pensei: por quê?  O que ela tinha de tão diferente?

Comecei a observá-la mais atentamente, usava um vestido simples, cabelo  semi-preso, em suas pernas havia cicatrizes e marcas roxas, por último deparei-me com um pequeno machucado em seu rosto.

´´ Menina  sofrida “ pensei  comigo mesma, mas de repente ela respira fundo, levanta-se, atravessa o salão, e começa a falar com uma outra garota, ao que parecia aquela menina estava convidando a ´´ outra “ para dançar,´´ nossa!“  pensei, a outra pareceu aceitar já que começaram a dançar, agora todos olhavam para elas. Depois que a música terminou se abraçaram e saíram de lá.

Bem ainda não sei quem ela era, de onde ela veio, mas sei que ela aquela garota tinha mas coragem que muita gente que eu conheço.

Crônica criada e postada por Gabriela Marques

Anúncios

~ por 1efecep em 24 de novembro de 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: