A Vida de um rapaz sem preconceito.

Andando pela rua 15 de Novembro, com meus amigos homossexuais, vi um grupo de homens tirando sarro deles e até de mim por andar junto com eles, não estávamos nem aí para eles.

Começaram a nos seguir e continuavam a tirar sarro , até que perdi a paciência e falei um monte de coisas para ver se eles paravam.

Pararam, mas todo dia que eu e meus amigos passávamos por eles, estes tiravam algum sarrinho entre eles.

Meus amigos me disseram que que já sofreram muito com isso e juraram para eles mesmos que iriam levantar a cabeça e dar a volta por cima.

No começo nem as próprias famílias aceitavam, mas  com o tempo acabaram aceitando.

Espero que as pessoas sejam como eu, que aceitem as condições e respeitemos homossexuais, pois eles nascem assim.

Postado por:Alexsander

Anúncios

~ por 1efecep em 23 de novembro de 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: